Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

A Batalha de São Paulo será dura

/ On : quarta-feira, setembro 08, 2010 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com
O que será que Alckimin está vendo e as pesquisas, não?
Cada vez mais me convenço que toda esta onda de imprensa atucanada com “a quebra do sigilo de que não se sabe ser tão sigiloso assim” é uma espécie de tentativa de salvar a elite paulista deste “povo miserável” que, não tem jeito, vai eleger Dilma presidente. Hoje, depois do “exílio” a que tinha renegado Serra nos primeiros programas de sua campanha, onde ele só foi mostrado por dois segundos, em 40 minutos de programa, Geraldo Alckmin abriu generosos 30 segundos para o “coiso” dizer que ambos são “muy amigos” – o Kassab foi só uma aventura passageira -  e que muito fizeram juntos e muito ainda vão fazer por São Paulo. “Comigo na presidência, nós vamos continuar esta parceria do bem” , diz Serra no programa.
O mote agora é “Serra fez, Geraldo vai ampliar”, que os paulistanos estão doidos para que não se refira aos pedágios.
Sério, os tucanos estão refluindo para defender sua praça-forte, São Paulo. devem ter razões para isso, razões que os números do Datafolha e do Ibope não nos deixam ver. Hoje, segundo a Folha de S. Paulo, na coluna Painel, começa uma campanha “de porta em porta”, distribuindo impressos com “vitrines” de gestões tucanas.Para vocês terem uma idéia do esforço, segundo o jornal, ” os exemplares saíram da gráfica em 96 versões, uma para cada distrito. No interior, o material terá 50 edições. A iniciativa visa estreitar o laço com lideranças comunitárias e dar mais visibilidade à campanha de rua da dupla Serra-Alckmin.
A situação deve estar mais complicada, embora eu, pessoalmente, ache que esta linha do “me dê uma chance” usada por Mercadante soe  fraca e sem confiança. Mercadante é candidato de uma coligação de forças que mudou o Brasil para melhor, que olhou para o povão. Por que não dizer isso ao povão de São Paulo, que é tão brasileiro quanto qualquer um de nós, e muito mais brasileiro do que suas elites discriminadoras.
Na batalha de São Paulo, Lula terá de ser o general


por Brizola Neto
www.tijolaco.com

Twitter

Privatizações

Privatizações
Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
 
Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.