Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Associações de apoio a pessoas com síndrome de Down repudiam críticas de Serra em debate

/ On : quarta-feira, agosto 18, 2010 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com

Por: Fábio M. Michel, Rede Brasil Atual

Publicado em 10/08/2010
São Paulo - A Federação Brasileira de Associações de Síndrome de Down publicou nota de repúdio às declarações feitas pelo candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, durante o debate entre presidenciáveis realizados pela Band. Na semana passada, o tucano criticou a política do governo federal para as pessoas com deficiências.
Ao questionar a candidata do PT, Dilma Rousseff, no primeiro bloco do debate, Serra acusou o governo federal de ter perseguido as entidades civis que atendem pessoas com deficiência e que teria tentado impedir que as Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) funcionassem como escolas. 
"Manifestamos a nossa indignação e repudiamos as declarações do senhor José Serra, no debate realizado no dia 5 de agosto de 2010, por contrariar todos os avanços duramente conquistados por entidades, pessoas com deficiência e familiares, ao questionar e instigar contra o direito à educação inclusiva garantido por Lei", diz a nota da federação (leia a íntegra), divulgado na segunda-feira (9).
O site da entidade diz ainda que o governo atual trabalha, por meio da Secretaria Especial do Ministério da Educação, "em conformidade com as legislações e disponibilizando recursos para a equiparação de direitos e igualdade de condições" para os necessitados de educação especial. 
A repercussão negativa das acusações de Serra foi também respondidas pelo próprio Ministério da Educação. No dia seguinte ao debate, sexta-feira (6), publicou nota oficial relatando que as Apaes e as instituições especializadas receberão um total de R$ 293 milhões até o fim deste ano.
Pais e familiares de pessoas com deficiência, em especial com Síndrome de Down, também distribuíram protestos e repúdios em blogs e redes sociais pela internet.

Twitter

Privatizações

Privatizações
Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
 
Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.