Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

domingo, 23 de maio de 2010

Justiça Eleitoral proíbe DEM de louvar Serra

/ On : domingo, maio 23, 2010 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com

do Brasília Confidencial

     A Justiça Eleitoral mandou o DEM suspender as inserções publicitárias que veicularia no estado de São Paulo, ontem e em mais dois dias, com propaganda do pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra. A suspensão foi pedida pelo PT e ordenada pelo ministro Aldir Passarinho Junior, corregedor-geral eleitoral do TSE.21/05/2010

    Na terça-feira, o DEM usou seu espaço de propaganda em São Paulo para veicular diversas referências a Serra e exibir imagens do pré-candidato tucano. Apresentados pelo prefeito paulistano, Gilberto Kassab (DEM), os “comerciais” começam dizendo que o país vai bem, mas pode “melhorar muito mais”, e listam realizações da Prefeitura em parceria com o governo estadual citando Serra nominalmente.
    “Tal conduta, no cenário de disputa eleitoral já deflagrada com o anúncio das pré-candidaturas à Presidência da República, não há como ser tolerada”, justificou o corregedor-geral.
    O DEM fez propaganda de seus próprios candidatos e de candidatos do PSDB em outros estados também. No Rio, usou a TV para promover o ex-prefeito César Maia, candidato ao Senado. E em Minas Gerais fez propaganda de Antônio Anastasia e Aécio Neves, respectivamente candidatos do PSDB ao governo estadual e ao Senado.

Twitter

Privatizações

Privatizações
Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
 
Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.