Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

domingo, 23 de maio de 2010

Folha publica o crime, mas não diz que é crime

/ On : domingo, maio 23, 2010 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com

Folha de S. Paulo,que dá palpite sobre tudo e mais um pouco publica hoje a confissão de um crime eleitoral, mas não diz que é um crime eleitoral.
Ela confirma que os horários do DEM no rádio e na televisão estão sendo e serão usados para promover José Serra.
Clique para ampliar
O responsável pela produção das peças é o publicitário Luiz González.
O DEM e Serra não ignoram que isso é probido, expressamente, no Art. 45, & 1°, inciso I da Lei 9.096, como já mostrei aqui.
Não ignoram, igualmente, os seus advogados, pois basta consultar a jurisprudência do TSE para encontrar inúmeras situações semelhantes, todas punidas com a pena prevista na lei, que é a perda do horário no semestre seguinte. Está aqui a coleção de decisões, para facilitar quem se disponha a agir.
A violação da lei é deliberada e feita com o seguinte cálculo: o que importa que se perca os horários de 2011, se a eleição de Serra for ajudada por esta violação. Há formas de compensar o “prejuízo”, não é?
Estamos diante de uma deliberada agressão à lei, nas barbas do MP e dos ministros do TSE, feita com o cálculo cínico do lucro x prejuízo.
Que país e que justiça serão estas em que um jornal publica o ato e a intenção de transgredir a lei e nada acontece?
Enquanto isso o nosso TSE multa o presidente por dizer “Deus queira” quando o povo grita o nome da Dilma.
Que vergonha!

extraído do blog Tijolaço.com

Twitter

Privatizações

Privatizações
Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
 
Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.