Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

sábado, 7 de maio de 2011

DER contrata empresas para administrar pátios de veículos sem licitação

/ On : sábado, maio 07, 2011 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com


 
O líder da Bancada do PT na Assembleia Legislativa, deputado Enio Tatto, apresentou ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) denúncia que envolve o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) na contratação, sem licitação, de serviços de administração e manutenção de pátios de recolhimento de veículos em diversos municípios do Estado de São Paulo. Os valores recebidos pelas empresas que administram os serviços passam de R$ 58 milhões, no período de fevereiro de 2008 a abril de 2011.
Além dessa irregularidade, a denúncia cita reportagens veiculadas pelo Jornal da Record nos dias 28 e 29 de abril que mostram a atuação de policiais, remunerados pelo Estado de São Paulo, atuando nessas empresas privadas.
Ainda segundo a matéria do Jornal da Record, as empresas estariam recebendo os pagamentos pelas estadias em dinheiro. Tal procedimento, além de não ser permitido contratualmente, inviabiliza a medição e fiscalização da movimentação financeira das empresas contratadas, que servem para calcular os valores a serem repassados aos cofres públicos.
Pelo exposto, o líder da Bancada, Enio Tatto, requereu ao TCE que determine ao DER, cautelarmente, a suspensão da execução dos contratos; que sejam encaminhadas cópias dos levantamentos realizados ao Ministério Público para apuração das responsabilidades dos agentes públicos do DER nas esferas cível e criminal; e também encaminhadas cópias ao Departamento da Receita Federal a fim de que apure eventuais omissões de receita das empresas.

Twitter

Privatizações

Privatizações
Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
 
Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.