Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Investigadores de Polícia de SP se formam com arma ‘velha’

/ On : terça-feira, novembro 30, 2010 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com


  • 29 de novembro de 2010 | 

  • 23h00 | 

  • Tweet este Post

  • Categoria: Polícia
    Camila Haddad e Débora Nogueira
    Os cerca de 400 investigadores que se formam hoje na Academia de Polícia Civil, na zona oeste, devem começar a carreira recebendo armas usadas, vindas de antigos policiais do Interior de São Paulo. A Secretaria da Segurança Pública diz que houve atraso na entrega de novas pistolas calibre ponto 40. A pasta tinha promessa da fornecedora, a Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel), de que o armamento seria entregue ontem. A empresa foi escolhida por pregão eletrônico.
    Porém, até as 20h de ontem, formandos disseram que as novas armas ainda eram aguardadas e que inclusive teria ocorrido uma reunião, há uma semana, para esclarecer os problemas no atraso. “Mesmo que as armas tenham chegado hoje , por causa da papelada que é preciso para liberá-las nós não vamos sair com elas após a formatura”, diz um dos novos policiais que pediu para não ser identificado.
    De acordo com o investigador, o concurso em que a turma foi escolhido ocorreu há dois anos. A turma de novos policiais, no entanto, foi formada somente em 18 de maio. “A administração não se preocupou em adquirir armamento novo a tempo”, afirma o formando.

    Twitter

    Privatizações

    Privatizações
    Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
     
    Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
    Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.