Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

terça-feira, 24 de agosto de 2010

É preciso valorizar mais o funcionalismo de SP

/ On : terça-feira, agosto 24, 2010 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com
Recuperar o funcionalismo é uma das metas de Aloizio Mercadante. Durante reunião do Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP), na capital paulista, o candidato ao governo estadual pelo PT criticou a ausência de inciativa do atual governo para negociar com os servidores do Judiciário de SP, em greve há mais de cem dias.
“É indispensável que haja um diálogo nessa greve do Judiciário. Isso traz prejuízo não apenas econômico ao Estado, mas para a vida das pessoas, de direitos que estão sendo prejudicados”, afirmou Mercadante nesta segunda (24/08).  Mercadante lembrou que 56 mil servidores do Judiciário Paulista estão há dois anos sem reajuste salarial. “É preciso valorizar mais o funcionalismo de São Paulo. A polícia tem um dos piores salários do Brasil, os professores e a Justiça também, todos vivem uma situação de descaso. Nós temos de recuperar o funcionalismo para ter bons serviços públicos, completou o senador.
A valorização também passa por dinheiro. E dinheiro passa por mais investimentos. Mercadante está atento a tudo isso e se dispôs a ajudar na busca por investimentos para, inclusive, acelerar o processo de digitalização dos acervos do Judiciário.
Segurança pública
O senador do PT destacou algumas leis, que ajudou a formular, como a do Monitoramento Eletrônico de Presos e da Videoconferência. Tudo isso ainda durante o evento na OAB-SP, que marcou o início da campanha “Sem a Justiça Nada Funciona”. Mercadante mostrou suas propostas de Segurança Público para 120 advogados e conselheiros da OAB do estado.
Os presídios merecem atenção de Mercadante: “Temos 59 mil presos além da capacidade de São Paulo, 8 mil presos em delegacias. E uma situação em que nenhuma prefeitura do interior quer ouvir falar em presídio. Pois os presídios levaram parte do crime organizado, violência e drogas para o interior”. Nenhuma reestruturação da Segurança Pública pode acontecer sem que se leve em conta a necessidade de melhorar os salários da polícia Civil, e da Militar, além de investir na inteligência policial e no policiamento ostensivo. Mercadante propôs, também, colocar o sistema de rádiopatrulha nos bairros.

Twitter

Privatizações

Privatizações
Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
 
Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.