Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Herança de Serra: Tucano achatou salários e cortou verba da Segurança Pública

/ On : segunda-feira, maio 03, 2010 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com
do Brasília Confidencial
03/05/2010
Em 2009, o aumento da violência no estado de São Paulo coincidiu com uma série de medidas do Governo Serra que atingiram imediatamente a Polícia Civil e, logo, a população.
Serra reduziu em aproximadamente 20% os investimentos em pessoal da Segurança Pública. Do orçamento estadual de R$ 2,3 bilhões, que deveriam ser investidos no efetivo da Polícia Civil, cortou aproximadamente meio bilhão. O corte foi acompanhado de arrocho salarial, que manteve os policiais civis paulistas com o segundo pior salário pago à categoria em todo o país – só não é mais baixo do que o salário pago em Alagoas.
“Enquanto um policial em Sergipe recebe salários de até R$ 3.600, em um estado menor e com problemas menos agudos, em São Paulo tem policial que ganha apenas R$ 375,00 como salário-base”, denunciou o presidente regional da Federação Nacional da Polícia Civil e do Sindicato estadual dos Investigadores de Polícia, João Batista Rebouças.
O Governo Serra também reduziu – em 15% – os gastos com manutenção de viaturas policiais. Em 2008 usou R$ 95,8 milhões para isso; no ano passado R$ 81,3 milhões. A redução, de aproximadamente R$ 15 milhões, tornou comum no estado as cenas de policiais empurrando viaturas ou recorrendo a desmanches para obter peças.
A verba de auxílio-alimentação para os policiais civis também foi reduzida no ano passado. Estavam previstos gastos de R$ 68,10 milhões, mas os policiais só receberam R$ 64,14 milhões em 2009.

Twitter

Privatizações

Privatizações
Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
 
Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.