Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Alckmin responsabiliza Eletropaulo por lentidão

/ On : sexta-feira, junho 10, 2011 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com

Mais de 48 horas após o vendaval atingir a Grande São Paulo, a região ainda não estava com o fornecimento de energia elétrica normalizado na noite desta quinta-feira. A Eletropaulo afirmou, em nota, que ainda falta restabelecer 1% das interrupções geradas pela tempestade. Hoje, o governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), diante da dificuldade da concessionária de resolver com rapidez o problema da falta de energia, disse que a Eletropaulo não tem condições de operar com segurança em meio a tempestades, como a que atingiu a região no final da tarde da última terça-feira.
"Está claro que ela não tem as condições de operar com segurança quando tem chuva, tempestade. Claro que foi um vento excepcional, mas ela não tem as condições mínimas de atendimento rápido ao usuário e de se prevenir desses problemas de tempestade e de vento, que todo mundo sabe que ocorrem", afirmou o governador. Ele disse também que a Secretaria de Energia está estudando medidas para acionar a Eletropaulo. Alckmin afirmou que está pedindo à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que São Paulo possa aumentar o número de fiscais no setor.
A previsão da concessionária é que todas as ocorrências de interrupção de energia estejam regularizadas ainda hoje. As equipes da Eletropaulo trabalhavam nos bairros de Osasco, Vargem Grande Paulista, Cotia, Barueri, Itapevi, Mauá, Ribeirão Pires e Itapecerica da Serra.
Ventania
Na terça-feira, rajadas de vento de até 80 km/h derrubaram árvores, galhos, toldos e arremessaram objetos contra a rede de energia elétrica da cidade de São Paulo. Às 18h50, segundo os bombeiros, uma árvore caiu sobre um carro na alameda Glete com a avenida Rio Branco. Uma pessoa morreu e outra, ferida, foi levada ao Hospital de Clínicas. Incluindo toda a região metropolitana, o Corpo de Bombeiros, até as 23h20, registrou o recebimento de 226 chamadas sobre quedas de árvores.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) afirmou que a ventania desligou semáforos e afetou o trânsito em importantes avenidas, como Interlagos, Engenheiro Caetano Álvares, Rubem Berta, Lineu de Paula Machado e Sena Madureira. A capital registrou mais de 180 km de congestionamento no horário de pico.
Agência Brasil

Twitter

Privatizações

Privatizações
Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
 
Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.