Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Máfia da merenda em São Paulo transportava alimentos para alunos em carros funerários. Grande imprensa em silêncio sobre o caso

/ On : terça-feira, janeiro 18, 2011 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com

Estadão - 17/01/2011
Funerária de sobrinho de Alckmin levava merenda, diz ex-funcionário
Empresário de Pindamonhangaba é filho de Paulão, suspeito de chefiar fraude em licitações e pagamento de propina a prefeitos
Estadão - 17/01/2011
‘Problema a gente via, mas vai fazer o quê? Era empregado’, diz ex-funcionário de funerária
Vicente Ricardo de Jesus conta que transportava merenda no mesmo veículo que levava cadáveres
Jornal da Tarde - 17/01/2011 - Manchete de capa
Máfia - Carro levava merenda de dia e cadáver à noite
Jornal da Tarde - 17/01/2011
Carro levava merenda e cadáver
Jornal da Tarde - 18/01/2011
MP apura merenda em carro funerário
O Ministério Público deve incluir no inquérito que investiga a máfia da merenda em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, a denúncia revelada ontem pelo Jornal da Tarde de que as refeições fornecidas pela Verdurama eram transportadas pela funerária de Lucas César Ribeiro. Lucas é filho do lobista Paulo César Ribeiro, o Paulão, cunhado do governador Geraldo Alckmin (PSDB). A apuração corre sob segredo de Justiça
Folha - 18/01/2011
Acusado de pagar propina, dono de empresa nega conhecer cunhado de Alckmin
Acusados de participação no suposto esquema de pagamento de propina envolvendo o cunhado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), os responsáveis pela Verdurama negam conhecer Paulo César Ribeiro e atacam a atuação do Ministério Público no caso

Twitter

Privatizações

Privatizações
Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
 
Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.