Editorial TSP Educação Eleições Contas Públicas Imprensa Política Precatórios Privatizações Saneamento Saúde Segurança Pública Servidores Transporte
Agora São Paulo Assembléia Permanente Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Vi o Mundo
Canal no You Tube
Agora São Paulo Assembléia Permanente BBC Brasil Brasília Confidencial Carta Capital Cloaca News Conversa Afiada Cutucando de Leve FBI - Festival de Besteiras na Imprensa Jornal Flit Paralisante NaMaria News Rede Brasil Atual Reuters Brasil Vi o Mundo

sábado, 4 de setembro de 2010

Alckmin vê Mercadante se aproximar, diz pesquisa

/ On : sábado, setembro 04, 2010 - Contribua com o Transparência São Paulo; envie seu artigo ou sugestão para o email: transparenciasaopaulo@gmail.com

BOM DIA/Ipespe aponta tucano na

frente com 46% e petista com 24%

João Carlos Moreira
Agência BOM DIA
O candidato do PT ao governo do estado, Aloizio Mercadante, conseguiu diminuir a vantagem de seu adversário pelo PSDB, Geraldo Alckmin. De acordo com pesquisa BOM DIA/ Ipespe divulgada nesta quinta-feira, o petista conta agora com 24% das intenções de voto e continua bem atrás do tucano, que tem 46%. Mercadante tem desempenho positivo desde o início da campanha, mas Alckmin mantém as chances de vencer a eleição no primeiro turno, já que são levados em conta apenas os votos válidos. (Veja arte ao final da matéria)
A vantagem do tucano em relação ao petista hoje é de 22 pontos. Quando o BOM DIA começou a série de pesquisas com o Ipespe, em junho, Alckmin estava 33 pontos à frente de Mercadante, com 50% contra 17%. A diferença se manteve até a abertura do horário eleitoral gratuito, no dia 17, mas foi caindo aos poucos com a campanha no rádio e na TV.
A pesquisa anterior BOM DIA/Ipespe já havia detectado a variação positiva da candidatura de Mercadante. No levantamento que tinha sido feito entre 23 e 25 do mês passado, ele já havia conquistado 22%, enquanto Alckmin se mantinha com 49%. O atual levantamento foi feito terça e quarta-feira.
A melhora no desempenho de Mercadante coincide com a subida da candidatura da presidenciável petista Dilma Rousseff nas pesquisas, inclusive no estado de São Paulo. Outro ponto que pesa a favor do candidato do PT é a decisão da cúpula do partido e do presidente  Lula de intensificar a campanha nos estados. Como Dilma tem aumentado a vantagem em relação ao presidenciável do PSDB, José Serra, a estratégia não é só reforçar as campanhas de candidatos aliados, mas também candidaturas ao Senado e à Câmara.
Metodologia 
A pesquisa BOM DIA/Ipespe foi feita por telefone na terça e na quarta-feira. Foram entrevistados 1,6 mil eleitores em cem municípios do estado de São Paulo. Deste total, 600 entrevistas foram realizadas na capital e mil no Interior.  A margem de erro  de 3,2%, para mais ou para menos.
O levantamento foi registrado sob o número 80210/2010 no TRE e 27461/2010 no TSE.
Para consultor,  variações são baixas
O consultor da pesquisa BOM DIA/ Ipespe, Jairo Pimentel Júnior, alerta que a variação de Aloizio Mercadante em relação ao levantamento anterior está dentro da margem de erro do levantamento, mas afirma que o candidato petista vem oscilando positivamente nas sondagens recentes. “É necessário avaliarmos o desempenho dele nas próximas pesquisas para, aí sim, concluir se a curva ascendente se mantém ou se é apenas uma flutuação normal da candidatura”, afirma.
O eventual crescimento de Mercadante nas pesquisas, segundo ele, não será surpresa, já que estaria dentro da faixa do eleitorado que o PT atinge no estado de São Paulo.
Como há esse eleitorado cativo do PT no estado, Pimentel diz que há possibilidade de crescimento de Mercadante.
Apesar dessas variações, ele explica que Geraldo Alckmin hoje seria eleito no primeiro turno.
Outro ponto para o qual Pimentel chama a atenção é a curva descendente da candidatura de Celso Russomanno (PP) desde a primeira pesquisa do Ipespe. “O voto dele [Russomanno] é de oposição e pode estar migrando para Mercadante”, disse.

Twitter

Privatizações

Privatizações
Memórias do Saqueio: como o patrimônio construído com o trabalho e os impostos do povo paulista foi vendido
 
Copyright Transparência São Paulo - segurança, educação, saúde, trânsito e transporte, servidores © 2010 - All right reserved - Using Blueceria Blogspot Theme
Best viewed with Mozilla, IE, Google Chrome and Opera.